blog

estrela cadente

se você pudesse fazer um pedido pra uma estrela cadente, o que você pediria? consegue me dizer? e sobre o tempo? se você pudesse descrever

sobre voar

às vezes, sinto que o tempo para quando encontramos razões pra respirar. no infinito do abraço, na eternidade do sorriso, nas entrelinhas do olhar. são

livro: meu sonho me contou

“meu sonho me contou” é um livro de céu azul, mar que te chama pra entrar, vida que te anima a viver. mas, também, é

novembro

eu num sei muito bem o que te falar, novembro, só sei que, de você, eu espero cura. e aqui eu não falo pra você

camila

eu escuto teus medos e tuas angústias e deixo saltar em mim uma grande emoção ao te ver feliz. você merece. você merece ir além

tempo

te dedico este verso agora pra que você sinta toda a imensidão que há no tempo. tempo, tempo, tempo… seu, meu, nosso. nosso tempo que

versos

imagina quando a gente viajar o mundo traçar o infinito e desvendar qualquer olhar amor, cacá

rotina

veja bem, meu amor, meu sorriso é mais leve com você ao lado, meu olhar é mais bonito ao olhar pro teu. sinta aqui, meu

gentileza

quem me dera ser gentil como a gentileza. e poder viajar nas águas da vida, poder ser leve e transbordar leveza pra quem quiser passar,

sobre escrever

é mais fácil escrevendo, entende? é bem mais fácil quando a escrita tá dentro da gente. é mais fácil nas entrelinhas, nas palavras, nos textos.