blog

o quanto

eu sei que você acorda tarde, que não come de manhã, que não perde aquele programa de esporte que tanto ama. eu sei que você

prometer, lembrar, amar

ei, você! me promete uma coisa? promete que você vai tentar, mesmo que por 1 segundo, deixar a ansiedade de lado pra se amar? promete

tic tac

“as coisas acontecem no tempo certo”, você me disse num dia bonito, daqueles que a gente faz questão de cantar pro mundo e de soletrar

você é capaz

se algum dia o mundo parecer desabar, tenta lembrar: a vida é linda mais pra gente não se entregar. se entrega pro instante que tá

mergulhar

às vezes, a vida me faz pensar no que mais temo acontecer: te perder pelo mar. eu navego nas tuas curvas, faço dos teus contornos

ar

há dias em que a gente olha pro vento e não o sente, há dias em que a gente o sente sem pensar. há momentos

eternidade

teve um dia que cê me disse que eu era a pessoa mais especial do mundo, e eu só consegui te olhar e pensar: ué,

conquistar

ei, 2017! obrigada, viu? obrigada por ter me dito por 365 dias, obrigada por ter feito desses 365 os mais diferentes possíveis. obrigada por ter

acreditar

natal é aquela época do ano que a gente abraça todo mundo, que a gente faz do mundo um lugar mais bonito, sabe, mais especial.

gritos do mundo

é um tempo difícil pra quem escreve. é que a gente vê o mundo da nossa maneira, né? e aí as crenças surgem, as desconfianças