blog

(a)mar

“mar, por favor, me diz o que você quer tanto dizer“, perguntei depois de um instante de dúvida. “você é a sua esperança“, ele respondeu.

sobre se contemplar

hoje eu quero te convidar a pensar naquela palavra que te descreve, naquela palavra que te representa, naquela palavra que transborda magia por ser você.

o seu desejo importa

a gente foca tanto no desejo do outro que esquece de olhar o nosso. por isso, hoje, eu quero saber: o que você deseja? verdadeiramente

a flor do coração

se você pudesse ser qualquer pessoa do mundo, quanto tempo você levaria pra se escolher? sei lá… a gente precisa tentar. tentar olhar a vida

nosso poder pessoal

hoje eu quero te convidar a acessar o seu poder. sabe aquilo que só você faz? que só você tem? que só você é? então,

um pedaço do caminho

eu sei que o caminho pode ser desafiador, mas, quando a gente para pra observar, a gente percebe que o passo que a gente dá

o meu carinho

a gente tem a mania de só valorizar o dia azul, mas o dia nublado e o dia chuvoso também tem o seu valor. acredito

ser feliz vem de dentro

hoje eu quero saber da sua felicidade. acho que poucas pessoas te perguntam isso, então aqui vai: você tá feliz? você é feliz? quando a

a escrita do coração

a verdade é que a gente vive com medo de amar. e eu tô aqui pra te falar: não tenha. não tenha medo de amar.