reflexão

chorar nem sempre é um sinal de fraqueza.

às vezes, encaro o choro como o sorriso da alma.

e aí navego por meio dele, penso em um milhão de coisas e me liberto de tudo o que me prende – mesmo sem saber.

é como um pingo de calor num dia de frio, como o que vem de repente e nos faz sentir.

é tudo o que nos faz sentir.

nossas lágrimas dizem o indizível.

por que será que a gente as seca, daí?

amor,
Caca

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *