o meu carinho

a gente tem a mania de só valorizar o dia azul, mas o dia nublado e o dia chuvoso também tem o seu valor.

acredito que, às vezes, é um sinal do universo pra gente se recolher.

por isso, hoje, eu quero te convidar a se recolher. e não só a isso, eu quero te convidar a se dar carinho.

qual foi a última vez que você se abraçou?
que você se fez um cafuné?
que você fez algo por você, sem pensar no pensamento alheio?

qual foi a última vez que você deixou a chuva entrar, choveu sem se preocupar, nublou-se pra, num dia de sol, iluminar tudo o que você deseja iluminar?

hoje, eu te convido a fechar os olhos e a se permitir sentir. se permita se recolher. e perceba todas as coisas que tão aí pra, por meio do seu carinho, florescer.

eu tô aqui pra te lembrar: você é capaz de se amar na nuvem, também.

mantra: “eu acolho quem eu sou e deixo o meu carinho me guiar pela estrada que desejo iluminar”.

confia, tá?

amor, cacá



/ leia meu livro:

https://ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=tf_til&ad_type=product_link&tracking_id=camilahaik-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=B08L8RFB53&asins=B08L8RFB53&linkId=a48f3b7d40d0632c354e9948ea88fa08&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=ffffff

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *