dois mil e vinte dois

honrar a vida. este é o meu maior desejo de 2022. que a gente aprenda a manifestar, a celebrar e a honrar a vida.

percebo que é quando as palavras não saem que eu mais preciso escrever. e tá sendo assim, pra mim, agora. enquanto você me lê, me pergunto se tô falando coisas concretas, se esse texto vai finalmente acontecer, se as reticências que coloco vão fazer sentido… aí decido que não precisa fazer. às vezes, a resposta tá no que a gente não diz. e é isso, né? é o imprevisto dos dias que faz a gente continuar. e sempre.

sempre que eu penso em permanecer em algo eu escolho prestar atenção nos detalhes, nos motivos, nas sensações. o meu sentir é importante. e de vez em quando é ele que me mostra o caminho certo, é ele que me faz perceber que comemorar quem eu sou é razão o suficiente pra eu ser feliz. é hora da gente se respeitar, daí, pra entender que escutar o nosso coração é entrar na nossa imensidão. e isso significa muito. não é ponto, é infinito.

é um tanto.

tanta coisa, tanta tanta tanta coisa aconteceu em 2021. tantas perdas, tantas lágrimas, tantas dores; tantas flores, tantos sorrisos, tantos amores. caminhos abertos. desejo pra gente em 2022. e que, quando uma porta se fechar, a gente rapidamente ache outra pra amar.

eu espero que você ame cada pedaço do seu tempo. e que você aproveite, a cada dia mais, tendo certeza da sua alegria, fazendo, do seu eu, um bom instante pra morar.

você merece se abraçar, se escutar, se sentir, se permitir, se acolher, se viver, se honrar.

acredita, tá? que 2022 te honre como um instante seu <3

foto: Amanda Nakao

amor, cacá 💛

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp