alto risco

a verdade é que não existe médio risco pra felicidade. é o todo. e ela se contempla ainda mais quando a gente entende que arriscar faz parte, que nadar é poesia, que a calmaria dos dias é aquilo que nos faz sonhar. e sempre.

sempre ou quase sempre, tanto faz: viver é simplesmente ser. e é bem simples mesmo, é do jeito que você quiser, é o que abraça o seu coração e te faz sentir, te faz sorrir, te faz renascer.

a felicidade é o dom do renascimento. é perceber que, ainda que com problemas, a gente consegue olhar pras coisas e agradecer. é do jeito que te acolhe, é da forma que te preenche, é da maneira que te faz olhar pra tudo e dizer: entendi. eu sou porque estou aqui. e, por agora, isso basta.

eu espero que você sempre encontre um motivo pra sorrir. e que, quando a razão resolver sumir, você abrace a sua emoção pra pensar, pra sentir. às vezes, é desse equilíbrio que você precisa pra seguir.

quando tudo tiver difícil demais, lembre-se: sua risada pode ser seu remédio.
com ela, o risco é alto de ser feliz.


amor, cacá 💫

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp