sobre coragem

hoje eu tô aqui pra falar de coragem.

e eu num tô falando daquela coisa de sempre ser forte, de seguir sem pensar nas consequências, de guerrear, interna e externamente, a todo momento, não. eu tô falando de amor.

uma vez me falaram que coragem é agir com o coração. e é isso, né? é isso. coragem é agir com o que há de mais puro na gente, é seguir a nossa intuição, é manifestar o que nos faz vibrar, o que nos faz crescer, o que nos faz amar. e, vai, me diz: o que há de novo pra amar senão esse nosso órgão que todos os dias nos pede um pouco mais de atenção? precisamos valorizar o que já existe dentro da gente. e, se a gente não cuidar do nosso interior, ninguém mais vai.

escrevo isso enquanto escuto uma playlist que fiz pra acalmar meu coração. escrevo enquanto tomo um café quentinho, preparado por agora, e coloco um filme que amo pra assistir. escrevo enquanto me abraço nos pequenos detalhes, enquanto me permito fazer uma máscara pra relaxar, enquanto busco uma meditação pra me entender. escrevo enquanto me olho no espelho e percebo toda a imensidão que há aqui dentro, escrevo enquanto me olho no espelho e sorrio pro que vejo, escrevo enquanto me olho no espelho e sinto coragem. isso é amor. e a gente precisa cultivar o próprio.

coragem, eu te digo agora, coragem pra seguir, pra tentar, pra lutar. coragem pra se amar, daí, e perceber as infinitas possibilidades de tudo o que é, do que já existe pra te confortar, do que já faz parte de você e, de coração, só basta olhar.

então, eu quero propor um exercício. quero que a gente se olhe no espelho e sinta coragem de ser quem a gente é; porque, se isso não acontecer, do que adianta continuar? do que adianta mergulhar em estradas e mais estradas por aí se a gente não compreender a nossa alma?

tenha coragem de ser quem você é. sinta o seu coração pulsar, sinta a sua vibração se manifestar, sinta o seu poder de se encantar – com a vida, com os instantes, com o seu amor.

sinta-se abraçado e abraçada, enfim, e fique firme, beba uma água, se dê uma chance, se cuide, se entenda, se ame. você é corajoso e corajosa demais pra ser deixado e deixada pra trás.

coragem, sempre, coragem, tá?

amor, cacá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s