Browse by:

imensidão

aos poucos a gente vai deletando aquela memória que é nossa e não pertence mais a lugar nenhum. aos poucos a gente vai esquecendo do que não faz mais parte, do que não mais completa os nossos dias de ócio, do que não preenche mais os nossos momentos de solidão. aos poucos, e aqui eu…

novembro

eu num sei muito bem o que te falar, novembro, só sei que, de você, eu espero cura. e aqui eu não falo pra você curar todas as dores do mundo, não, eu falo pra você desacelerar pra perceber, desafiar pra colher, mergulhar pra entender, enfim. eu espero que você amplie a mente das pessoas…