mergulhar

às vezes, a vida me faz pensar no que mais temo acontecer: te perder pelo mar.

eu navego nas tuas curvas, faço dos teus contornos os lugares perfeitos pra minha onda passar, misturo qualquer coisa e percebo qualquer cor. eu te sinto, te vivo, te solto, e tudo pra, a todo instante, você voltar.

é que de vez em quando bate uma vontade louca de sair por aí agradecendo, sabe, agradecendo a tudo e mais um pouco, agradecendo por te ter aqui; comigo, óbvio, mas, principalmente, por você existir.

é lindo demais saber que você existe, mesmo, e é ainda mais lindo saber que, dentre tantas pessoas no mundo, você escolheu fazer parte do meu oceano – que, de tão frágil, tornou-se o melhor lugar pra nossa fortaleza chamar de lar.

por mais que te perder não seja uma opção, sou extremamente grata por ter te conhecido e, acima de tudo, por você fazer parte do meu coração. ele, daí, é infinito. e você sabe como é isso, você sabe como é chamar de lar um rio diferente do seu. que bom que a vida nos escolheu pra mergulhar.

se o mar quiser te levar, fala pra ele que, no meu mergulho, você sempre terá um lugar.

amor,
Caca

2 comments

Add Yours

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s