talita

eu sei que o mundo às vezes parece difícil, Tali, mas, se a gente não tentar, quem é que vai entender?

vem cá, amiga, me dá a mão pra seguir, pega um pouco do meu pé no chão pra ser racional, tenta olhar pro lado e ver que o universo tá aqui, sabe, tá com você. tá por você.

presta atenção pro que tá na cara, olha pra mim e tenta enxergar a segurança que você precisa pra ir além. abraça a vida e, por um segundo, tenta amar sem pensar. pensa não, vai, deixa pra lá. o amor, essa coisa bonita que procuramos todos os dias, não precisa respirar sozinho: ele tá no ar.

sente o vento e se entrega de uma vez por todas pras estrelas que aparecem sem você perceber, pros cosmos que te acompanham pelo caminho, pras galáxias que te consolam e, num dia triste, te fazem sorrir. faz de tudo pra sorrir pros seus sentimentos, por favor; eles são a válvula de escape que você precisa pra não pensar nas consequências do amor.

vai amar, vai! vai amar sem imperativo, enfim. você merece mais do que tudo ser feliz.

amor,
Caca

1 comment

Add Yours

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s