quebra-mola

às vezes a vida dá uns tapas na gente, né?

como aqueles tombos que a gente tomava quando criança e pensava que nunca ia superar, e depois ela volta pra mostrar que era só uma fase, sabe, que tá tudo bem.

que você caiu, sim, e levantou; que você se machucou, fez o que achou que nunca faria e se ergueu pelo que tava aí, por meio da força que diziam que não existia e que você, além de fazer dela a sua melhor amiga, a multiplicou por mil; que, mesmo num dia triste, você tirou o seu melhor sorriso pra ajudar alguém que demonstrou estar pior do que você; que, apesar da sua felicidade, algo aí dentro ainda grita por compreensão, algo aí dentro ainda grita, em silêncio, pra fechar a cicatriz. você conseguiu. e agora tá aqui.

às vezes a vida dá uns tapas na gente e muitas vezes eles se transformam em aprendizado. você aprende na luta que deve seguir a sua intuição, você aprende tentando que suas mãos podem fazer a diferença, você aprende, ao viver, que a vida tá aqui pra te ajudar, pra te fazer brilhar e que, sem querer, ela te faz chorar. a cura pra sua maior dor está dentro de você – por mais que, no tapa, a vida te leve a esquecer.

tenta se agarrar no que te faz seguir. e, se possível, tenta seguir sem se despedaçar. ei! quebra-mola tem em qualquer lugar. tenta sempre ultrapassar, tá?

amor,
Caca

2 comments

Add Yours

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s