ser feliz vem de dentro

hoje eu quero saber da sua felicidade. acho que poucas pessoas te perguntam isso, então aqui vai:

você tá feliz?

você é feliz?

quando a gente se questiona sobre o que estamos sentindo, a gente toma consciência de quem estamos sendo.

faz sentido?

sei lá, acho que faz.

a gente precisa entender que o conceito de felicidade é diferente pra cada pessoa. e é por isso que eu quero que você reflita se você tá seguindo o seu caminho em busca do que te faz feliz, do que faz o seu coração vibrar, do que te faz olhar a vida pelos olhos de quem te ama e te admira.

hoje, eu quero te convidar a olhar a vida com os de quem te ama e te admira pra, daí, te convidar a ser feliz.

eu não acho que a sua felicidade dependa exclusivamente de você; mas eu tenho certeza que, hoje e sempre, a gente pode criar maneiras de, pelas estradas da vida, abraçar o que nos faz feliz.

mantra: “eu acolho a minha felicidade e encontro maneiras de ser feliz pelo o que já tenho. eu sou capaz de ser feliz pelo o que já sou”.

ei… acredita, tá?

amor, cacá 


/ leia meu livro:

a escrita do coração

a verdade é que a gente vive com medo de amar. e eu tô aqui pra te falar: não tenha.

não tenha medo de amar.

lidar com o coração não é fácil. fala-se muito sobre isso, a gente sempre vê pessoas nos mandando ouvir esse órgão tão amoroso, mas ninguém ensina, né? ninguém nos ensina a se conectar com o nosso coração.

e será que alguém sabe? me pergunto isso também, de vez em quando. não tem fórmula, não tem estratégia, não tem passo a passo: são caminhos. caminhos que podemos percorrer, caminhos que fazemos questão de estar, caminhos que nos abrem portas, nos desconstroem muros, nos fazem ver a vida com outros olhos, com outras perspectivas, com outras histórias. é que, hoje e sempre, abrir o coração é abrir a si mesmo. e nem todo mundo gosta, nem todo mundo gosta de tirar a máscara que criou pra existir.

sei lá, é tudo tão complexo, é tudo tão distinto, é tudo tão único. o caminho pro meu coração pode ser diferente do caminho pro seu, entende? e o que funciona pra mim pode não funcionar pra você. por isso, desconfie; desconfie de quem te diz que amar é uma fórmula, desconfie de quem te diz que existe uma estratégia, desconfie de quem te dá um passo a passo pro seu amor. é irreal. só você sabe o que funciona pra você.

mais do que não ter medo de amar, é essencial que não tenhamos medo de nos amar. por maior que tenha sido a cicatriz, seu coração continua aqui. e que lindo é saber que, não importa a situação, nosso coração sempre estará disposto a nos abraçar. que lindo é poder nos abraçar.

então, agora, eu te pergunto:

o que de pior pode acontecer se você se amar?

vai perder amizades? parcerias? relacionamentos?

se quem tá ao seu lado não tá preparado pra abrir mão do conforto da sua falta de amor, será mesmo que essa pessoa merece estar com você?

por que você tem tanto medo do seu amor-próprio?

ei, meu bem… o que melhor pode acontecer se você se amar?

vale fechar os olhos pra entender.

e, ao abrir, perceba que você precisa se escolher. não dá mais pra adiar. o seu encontro com o seu coração é o seu encontro com você. e ele já tá cansado, o seu coração já tá cansado de te mostrar que só você pode conversar com ele, que só você pode realizar tudo o que você deseja realizar.

isso é poder. e o nosso caminho é a gente quem faz.

uma última frase, pra você sempre lembrar:

só escuta o coração quem tem coragem de amar.

escreve isso, tá?

amor, cacá



/ leia meu livro:

https://ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=tf_til&ad_type=product_link&tracking_id=camilahaik-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=B08L8RFB53&asins=B08L8RFB53&linkId=a48f3b7d40d0632c354e9948ea88fa08&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=ffffff

tá tudo aí

algumas situações nos afastam do nosso propósito, assim como algumas pessoas. esta é uma das maiores verdades da vida.

uma palavra que machuca, um abraço que não foi dado, uma rotina que se perdeu em meio a tanta maldade, tanta crueldade, tanta falta de consideração. é estranho quando o colocar-pra-baixo acontece sem hífen, daquele jeito que só quem sofre entende, e é ainda mais estranho quando nos permitimos ficar pra baixo por algo que não nos pertence. é exaustivo.

é exaustivo ter que desacreditar da fala de alguém pra acreditar na sua, é exaustivo ter que dizer, sabe-se lá quantas vezes, que você sabe o que você tá fazendo, que você confia na sua vida, que você acolhe o seu propósito, a mais nova palavra que todo mundo diz, pra ser feliz. às vezes, é exaustivo provar que você é feliz. e mais, muito mais.

mais mais mais.

mas…

é que algumas situações e pessoas nos afastam do nosso propósito, sim, só que isso só acontece se a gente permitir.

por isso, vem cá, escuta aqui:

você pode bloquear o que não faz parte de ti. é mais fácil do que parece. basta se olhar, se entender e se respeitar, daí, tendo consciência de quem você é, andando a favor da sua luz e entendendo, pelo caminho, que a sua vida é você quem vive.

no final de qualquer dia, quem deita a cabeça no travesseiro e pensa no momento seguinte é você. todos os instantes, você.

então… por que não? por que não arriscar? por que não tentar? por que não conseguir?

você é infinitamente capaz. e, pra você entender de uma vez por todas que sim, eu te conto um segredo, eu te digo agora algo que não costumam te dizer:

o seu propósito é você quem faz.

e sempre.

memoriza isso, tá?

amor, cacá

incentivo

eu não preciso escrever mais um texto enorme pra te dizer: vá. só vá. vá atrás do que te faz querer mudar.


alguns aprendizados só chegam quando a gente se movimenta. então, ó, se movimente!

movimente a sua vida, o seu sonho, a sua poesia. movimente o que tá na sua mente, tire da sua cabeça o que você quer realizar, realize tudo o que você deseja conquistar. e conquiste. e seja. e vibre.

vibre por tudo o que você achou que não ia dar, mas deu, vibre por mais um dia de esperança, vibre por mais uma mudança que te libertou de tudo o que você achou que nunca ia se libertar. às vezes, um pequeno passo já é o suficiente. e a gente só vai saber se a gente tentar.

e dá, né? dá pra tentar, dá pra querer, dá pra conseguir.

de vez em quando, um incentivo é tudo o que a gente precisa. e eu não preciso escrever mais um texto enorme pra te dizer: vá. só vá. vá atrás do que te faz querer mudar.

um mantra pra te inspirar:

você já é a mudança que você tanto manifesta,
você já é a mudança que você tanto quer concretizar ❤

deixa remar…

amor, cacá

sobre te amar

no dia de hoje, eu quero que você feche os olhos e imagine todos os seus sonhos se realizando.

quero que você se veja no seu melhor momento, que você visualize a sua maior felicidade, que você faça, dessa felicidade, um instante bom para morar.

e, por falar em morar, eu quero que você more no seu coração, mesmo que por um segundo, eu quero que você chame de lar o seu ambiente mais emotivo, a sua conquista mais verdadeira, a sua intuição mais real.

eu quero que você transforme em realidade tudo o que um dia você disse que ia transformar. e quando você, ainda de olhos fechados, enxergar tudo o que está acontecendo, eu quero que você os abra para sentir.

no dia de hoje, eu quero que você acolha o seu sentir; e, por meio dele, eu quero que você sinta a sua energia, o seu poder, o seu amor.

você é fruto da intensidade do seu infinito, da leveza da sua história, da liderança da sua imaginação – que, todos os dias, te incentiva a continuar.

eu quero que você continue, eu quero que você se abrace, eu quero que você se ame. e que você entenda, de uma vez por todas, que a sua maior realização é ser você mesmo.

você é capaz de realizar os seus sonhos de olhos abertos, também.

acredita, tá?

amor, cacá 

um respiro

ei, escuta: tá tudo bem se o seu ritmo de hoje não for o mesmo que o de ontem.

tá tudo bem, mesmo.

tá tudo bem se hoje você não conseguir fazer todos os tópicos do seu planejamento, tá tudo bem se você deixar pra amanhã algo impossível de ser resolvido agora, tá tudo bem se você amenizar o seu tempo e aproveitar as entrelinhas. tá tudo bem em escrever o que, muitas vezes, a gente não consegue ver.


tudo
bem.

de vez em quando, a gente só precisa desacelerar. e tá tudo bem em desacelerar. a vida pede que a gente siga um ritmo, mas ele não precisa ser o mesmo de sempre, entende? não vem com uma instrução. e, pra falar a verdade, quase nada vem. então, meu bem, escuta: tá tudo bem se, com responsabilidade, tudo o que você precisa neste instante é deixar algo pra depois.

às vezes, é o que a gente necessita pra continuar.

e a gente foca tanto em cuidar da pele e do corpo, enfim, que esquece de cuidar da mente – que é essencial pra qualquer ritmo que desejamos ter. entender o que a nossa mente precisa também é autocuidado. tá tudo bem se, no segundo em que você me lê, tudo o que você deseja é parar.

de novo, pra você lembrar:
tá tudo bem em parar, relaxar, descansar.

com o passar das horas, tudo se torna mais fácil, tudo se torna mais bonito.

por isso, te digo: tira um tempo pra você, vive o seu ritmo da forma que você tá sentindo que precisa, bebe uma água pra se acalmar e acolhe o seu abraço pra você entender: o seu ritmo pode não ser o ritmo do mundo. você é capaz de produzir no seu descanso, também.

tá tudo bem em se permitir respirar.

foca nisso, tá?

amor, cacá

Escolha um valor

Ou digite um valor personalizado

$

Anúncios

um bom dia

coisas que não costumam te falar:

  1. é normal errar
  2. você não precisa estar 100% bem sempre
  3. você é capaz de realizar e concretizar as suas ideias
  4. você e seus sentimentos importam
  5. a vida é o que acontece a todo instante
  6. os dias se tornam melhores quando a gente fala SIM para as oportunidades que aparecem
  7. os dias se tornam melhores quando a gente fala NÃO para o que não nos pertence
  8. sua magia é a sua palavra
  9. sua palavra é o seu poder
  10. sua imaginação é fruto do abraço da sua mente com o seu coração
  11. seu infinito é capaz de mudar o mundo
  12. a gente é capaz de mudar o mundo
  13. o mundo também é capaz de mudar a gente
  14. nada é eterno, apesar de tudo ser
  15. somos um pouco de cada pessoa que encontramos pelo caminho
  16. nosso caminho muda todo dia
  17. a gente muda todo dia
  18. em todos os dias há uma chance da gente recomeçar
  19. recomeçar não é anular o passado, é abraçar o presente
  20. o nosso futuro começa no nosso agora
  21. tudo o que a gente tem é o agora. e sempre.

e tem muito mais coisa, eu sei, só que senti de parar por aqui. espero que faça algum sentido, espero que minhas escolhas te abracem, espero que o seu abraço seja a transformação que você precisa pra seguir em frente. já te disse, mas repito: às vezes, tudo muda quando a gente muda o nosso olhar.

bom dia, tá?

amor, cacá

a sua melhor risada

talvez a vida não saia mesmo do jeito que a gente quer.

talvez a gente passe dias e mais dias manifestando pra, no final, tudo acontecer diferente, tudo seguir uma linha ainda desconhecida, tudo partir pra um lugar propício ao mistério. talvez tudo seja de fato um mistério. e talvez os mistérios existam pra, de certa forma, completar o que falta na nossa certeza.

talvez a gente não tenha certeza de nada, não consiga dar adeus ao que nos afoga o peito, não entenda que, de vez em quando, faz-se necessário acreditar. e confiar. e persistir. e seguir.

talvez a gente siga e, num dia de sol, a chuva nos acolha de repente. e por de repente eu digo de forma inesperada mesmo, daquele jeito que vem quando a gente menos espera, como uma maneira de dizer: calma, eu também tô aqui pra te abraçar. tá tudo bem se você só quiser chorar.

talvez a gente chore sem motivo, sem esperança, sem calor. talvez o que nos falte seja esse tal calor, eu não sei, só sei que esse tal do talvez é uma hipótese, um passo a mais, uma estrada – incerta, claro, e florida.

digo florida porque pode ser que esse caminho seja o que a gente precisa pra ser feliz. e a gente só vai saber tentando, fazendo, movimentando.

movimentar a vida é o que a gente precisa pra sair da dúvida e focar na realização. é que… bom, talvez o seu certo dê errado, talvez a sua intuição falhe, talvez o seu caderno não tome forma. mas você saiu do lugar, entende? você foi, você agiu, você se movimentou. e descobriu um outro brilho, um outro caminho, uma nova forma de olhar pra quem você é. e talvez este seja o maior aprendizado, né?

talvez, e é aqui que entra a parte mais importante, talvez a estrada, o quebra-mola, os obstáculos, as quedas, os choros, as vitórias, os abraços, enfim, sejam mais importantes do que o final.

aproveitar o que a gente tem é incrível demais. e, quando a gente finalmente tomar consciência disso, talvez a gente deixe de pensar tanto no futuro pra de fato movimentar o nosso agora.

a vida espera o seu sorriso. dê a você e a ela, todos os dias, a sua melhor risada.

amor, cacá 

sobre existir

a beleza das pequenas coisas

quando sente o vento de seu acolhimento

transforma seu abraço em arco-íris

pra entender em poesia a grandiosidade

que existe por ser quem é

O QUE É

o que você faz quando a natureza te abraça?

pra onde você corre?

pra onde você corre quando o vento bate no seu rosto, quando o sol te ajuda a sentir, quando a água te escorre e leva tudo o que você pediu pra, de você, sair?

quem é você quando tudo simplesmente é?

é estranho ler isso assim, eu sei, mas eu quero saber o que você faz quando sente o seu pé tocar a areia, quando mergulha na cachoeira e a tem por inteira, quando se exercita e percebe a sua energia, o seu calor. eu quero saber se você sabe qual é o seu calor. e mais, sempre mais.

sabe aquele instante em que algo finalmente deu certo? em que você se toca que tudo o que desejou aconteceu? em que você agradece por não ter desistido? então, eu quero saber desses momentos.

eu quero que você me conte dos minutos de felicidade que existem e que, muitas vezes, você não percebe. quero que você perceba as alegrias das entrelinhas, que você sorria ao realizar a sua manifestação, que você agradeça ao entender que cada segundo importa. e que, de hora em hora, muitas e muitas vitórias podem acontecer.

por isso, volto a te perguntar: quem é você quando tudo simplesmente é?

e, quando você tiver essa resposta, não deixe de sentir o abraço da natureza, de correr em busca do que faz o seu coração vibrar, de acolher todas as emoções que chegam e que te fazem brilhar. eu espero que você nunca deixe de acreditar. e que, a cada espaço de tempo, você perceba a sua imensidão pra que você sempre sinta a poesia que há a cada passo do nosso existir.

a gente é capaz de transformar nossas perguntas em histórias. e hoje, meu bem, eu te convido a poetizar – a vida, os dias, o seu olhar.

bora lá? ❤

amor, cacá